quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

AS MÁFIAS PODEM SER VENCIDAS

MAFIAS E SEU PODER
COMO ACABAREMOS COM ELAS?
Se conhecermos a Verdade, conseguiremos a libertação.
A verdade é que herdamos o sistema escravo sob a forma de hierarquia feudal que destrói o conhecimento e impõe a obediência como forma de prosperar.
A única revolução social verdadeira foi a fuga para os burgos, feita pelos servos da gleba, para viver da livre troca e produção de boas coisas e esse foi o modelo para o sonho americano. 
Hoje assistimos ao confronto final entre as Máfias e esse Sonho.
A História nos mostra como o sistema mafioso da estrutura feudal se infiltrou e deturpou essa revolução criando estruturas escravizadoras para não permitir o desenvolvimento do condomínio que instale os quatro pilares da Democracia – Verdade, liberdade de ir e vir para prosperar, meritocracia e propriedade pessoal e familiar honesta.
Em lugar disso impuseram o processo mafioso. TODO MAFIOSO É UM PSICOPATA.
Temos que revogar essa estrutura.
DIFUNDA A VERDADE E ASSOCIE QUEM FOR COMPREENDENDO.
INDIQUE A SOLUÇÃO – O CONDOMINIO DA DEMOCRACIA
 VEJAM
http://mariosanchezs.blogspot.com.br/2016/11/repetindo-vamos-proclamar-nosso.html 

AS MÁFIAS ITALIANAS-Calabria ndrangheta; Sicilia cosa mostra; Nápoles camorra; Puglia sacra corona unita

UMA NOTICIA DO PERU
Según las autoridades, en el mundo hay miles de mafias, pero solo 10 son las más temidas y aquí te las presentamos.
- La NDRANGHETA tiene su sede en Calabria, en la punta de la bota de Italia, y es la mafia menos conocida y más peligrosa del planeta.
Está constituida por ndrine o familias de sandre, cada una controla su territorio y se proyecta hacia afuera de forma autónoma, asociándose para grandes negocios como contratos públicos, narcotráfico y control de los fondos Europeos.
– MAFYYA. Esta mafia opera en Turquía, se estima que hay aproximadamente 20,000 integrantes, sus principales crímenes son tráfico de heroína, armas, trafica de personas, órganos, juegos y extorsión.
-MAFIA ALBANESA. Organiza sus crímenes en el mercado negro, transportando heroína a varios países del mundo, como México, Colombia, Irán, Afganistán, Pakistán, Vietnam, y países asiáticos pequeños.
-CAMORRA. Es una organización criminal mafiosa de la región de Campania y la ciudad italiana de Nápoles. En comparación con las mafias vecinas, la SACRA CORONA UNITA y la ‘Ndrangheta, la Camorra se centra más en la piratería.
– SACRA CORONA UNITA. Tiene conexiones con la Ndrangheta, Camorra y Cosa Nostra. Operan con la venta de drogas, prostitución, extorsión y lavado de dinero. Tienen aproximadamente 20.000 integrantes.
– COSA NOSTRA (Estados Unidos) La mafia más conocida en el mundo por uno de los padrinos más peligrosos de los Estados Unidos: Al Capone.
– COSA NOSTRA SICILIANA. A diferencia de los americanos, estos mafiosos no usan mucho el narcotráfico, pero si están aliados.
– Cartel de Sinaloa o Cartel del Pacífico.
– TRÍADAS. Esta mafia opera en China y tiene 150.000 integrantes. Se dedican al tráfico ilegal de personas, falsificación de tarjetas de crédito, talleres clandestinos, falsificación, venta y distribución de todo tipo de productos
– YAKUZA. Ha extendido sus actividades a la corrupción bancaria y política.

AS DEZ PIORES
O termo “Máfia” refere-se a grupos secretos envolvidos com o crime organizado, distribuídos por uma série de países. Normalmente são referidos pelo nome do país em que se originou e a maioria dos membros grupo pertence a esta nacionalidade. O objetivo desses grupos é ter o controle total sobre uma determinada atividade (senão todas) criminosa.
Mas não se engane! Embora o cinema tenha romanceado, muitas vezes, o crime organizado, dando a impressão de que lá existem boas pessoas, na vida real é totalmente o oposto. Membros da máfia convivem com uma constante violência, desde atritos internos até com outros grupos rivais.
Não há um momento de paz para eles, e tampouco para as vítimas dos negócios ilegais em que atuam, incluindo tráfico de drogas, prostituição, tráfico de armas, proteção forçada e vários outros. Confira abaixo uma lista com os dez maiores grupos mafiosos espalhados pelo mundo e o tipo de negócio com que estão envolvidos EM ORDEM crescente DE PODER:

01 – Jamaicana: A Yardie Britânica
O grupo Yardies foi formado pelos jamaicanos que imigraram para a Inglaterra em 1950. Eles criaram gangues violentas e se denominavam Yardies. Atuam no tráfico de drogas e de armas. Como não tentaram se infiltrar na política, não são considerados tão fortes como outros grupos mafiosos, porém conseguem obter armas mesmo sendo estas totalmente controladas na Inglaterra.

02 – A máfia albanesa
A máfia Albanesa é composta por um grande número de organizações criminosas que se baseiam na Albânia. Eles são ativos em países norte-americanos e europeus. Diz-se que a máfia albanesa se espalhou para os níveis internacionais nos anos 1980.
O crime organizado prevaleceu na Albânia desde o século 15. Nos Estados Unidos e Reino Unido, eles controlam casas de prostituição e tráfico de drogas e são conhecidos pelo uso de violência por vingança, como contra traidores.

03 – A máfia sérvia
A máfia sérvia opera em mais de dez países, incluindo Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido e França. Eles estão envolvidos em diversas atividades, como o narcotráfico, o contrabando, assassinatos por encomenda, esquemas de proteção forçada, jogos de azar e roubos.
Existem três grupos principais, chamados Vozdovac, Surcin e Zemun, que controlam os grupos menores. Atualmente existem cerca de 30 a 40 grupos atuando na Sérvia.

04 – A máfia israelita
Sim, quem diria, até eles possuem uma! Ela atua em muitos países em atividades como venda de narcóticos, tráfico de drogas e prostituição. Antigamente existia até uma admiração na forma como os membros se protegiam, porém, atualmente eles são cruéis e não pensam duas vezes antes de matar seus próprios membros por traição.
A máfia russa-israelense se infiltrou no sistema político dos EUA tão bem que as forças norte-americanas estão deixando de fazer qualquer progresso significativo em detê-los.

05 – A máfia mexicana
A máfia mexicana surgiu nas prisões norte-americanas no final de 1950 para proteger os presos contra outros detentos e dos funcionários. Eles estão envolvidos em extorsão e tráfico de drogas e possuem cerca de 30 mil membros espalhados por todos os Estados Unidos. Eles forçam as gangues e traficantes a pagar um imposto sobre a proteção, e os que se recusam são mortos.
Os membros de gangues, por vezes, usam uma tatuagem com o desenho de um círculo em chamas e facas cruzadas para identificarem-se. Especula-se que existem 150 membros prisionais que têm a autoridade para comandar assassinatos e 2 mil associados que executam estes comandos.

06 – A máfia japonesa: Yakuza
Famosa por muitos filmes de Hollywood, a Yakuza é um grupo de crime organizado nativo que usa ameaças e extorsão para obter o que querem. Sua origem data do século 17. Todos os membros são marcados com tatuagens, e alguns ainda ostentam esses desenhos no corpo inteiro.
Possuem 110 mil membros ativos distribuídos em 2.500 famílias. Eles estão envolvidos em esquemas de proteção forçada, importação ilegal de pornografia sem censura da Europa e EUA, casas de prostituição e da imigração ilegal.
A Yakuza exige atos extremos de dedicação que envolvem a amputação do dedo mindinho quando algum membro comete um erro. Isso é feito como uma forma de pedido de desculpas.

07 – Máfia chinesa: Tríade
A Tríade consiste de muitas organizações criminosas que se baseiam na China, Malásia, Hong Kong, Taiwan, Cingapura, entre outros países. Fora da China, também são ativos em solo americano em cidades como Nova York, Los Angeles, Seattle, Vancouver e San Francisco.
O grupo está principalmente envolvido com roubos, assassinato por encomenda, tráfico de drogas, extorsão, falsificação de moeda chinesa e pirataria, além de outros delitos menores. Seu início se deu no século 18, e era inicialmente chamado de Tian Di Hui. As tríades podem ter de 50 a mais de 30 mil membros.

08 – Máfia Colombiana
A máfia colombiana é basicamente formada por cartéis de drogas. Eles operam em muitos países e possuem organizações que lidam com aspectos políticos, militares e jurídicos dos cartéis. Os cartéis importantes da Colômbia são o Cartel de Cali, Medellín e o Norte del Valle.
Houve uma época que os cartéis foram ameaçados pelo tratado de extradição entre os EUA e a Colômbia. Os líderes se esconderam e ordenaram aos membros da máfia matar quem apoiasse o tratado. Eles também estão envolvidos em uma série de sequestros e terrorismo.

09 – A máfia siciliana: Cosa Nostra
A máfia siciliana Cosa Nostra é um grupo relativamente novo. Foi iniciado na segunda metade do século XIX, na Itália. Apesar disso, ele tem uma grande habilidade para planejar crimes grandes sem ser pego.
Possui grande atuação em solo americano e está envolvido em esquemas de proteção forçada, tráfico de drogas e armas, mediação de negócios criminais, controle de sindicatos, coleta de lixo e vários outros negócios que parecem dentro da lei. Possui um pequeno número de membros, entre 3.500 e 4 mil.
Além dos integrantes, há os associados que não são membros verdadeiros. Um membro terá que se submeter à cerimônia de iniciação, onde provavelmente terá que matar alguém para provar o seu valor. Cada membro terá que seguir o código do silêncio, sob pena de morte.

10 – A MÁFIA RUSSA
A máfia russa é, talvez, a mais perigosa. Teve origem na extinta União Soviética e agora possui influência em todo o mundo. Tem entre 100 mil a 500 mil membros. Eles estão envolvidos em crimes organizados em países como Israel, Hungria, Espanha, Canadá, Reino Unido, EUA e Rússia, só para citar alguns.
Eles também imigraram para Israel, Estados Unidos e Alemanha, usando identidades judaicas e alemãs. Suas atividades incluem tráfico de drogas e armas de fogo, bombas, contrabando, pornografia, fraude pela internet, entre vários outros.
Uma de suas regras é nunca cooperar com as autoridades. Se qualquer um dos membros delatar alguém ou repassar informações quando capturado pelas autoridades policiais, é morto assim que deixa a delegacia. Eles são temidos por seus atos de vandalismo, terrorismo, tráfico de órgãos e assassinatos encomendados.
AJUNTEMOS QUAL É HOJE A MAIOR DAS MÁFIAS, ALERTANDO QUE - BURRICE HOJE TEM NOME – ACEITAR O POLITICAMENTE CORRETO.

A MÁFIA DO PARTIDO UNIFICADO DOS TRABALHADORES ENGANADOS, PUTRÊ, DE ONDE DERIVA “putralha”, é a maior Máfia em pessoal recrutado (putralhas) e valores roubados, do mundo.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

ERAM OS DEUSES PSICOPATAS?

PSICOPATIA‎
COMENTARIO PREVIO – Os estudiosos como vemos abaixo se preocupam muito em alinhar acusações aos outros sem olhar para seu próprio comportamento. E, além disso, são superficiais na busca das causas remotas do comportamento prejudicial aos outros que está em ação dentro da figura à qual chamam de “psicopata”. Nem mesmo prestam atenção ao fato de que a definição desse tipo de pessoa é feita pelo sistema escravocrata vigente com finalidades psicopáticas de manipular, isentar-se dos crimes de acusar, mentir, rebaixar, dominar, e para punir aqueles que se oponham à sua dominação, sem assumir qualquer sentimento de culpa pela criação dessas personalidades quando realmente sejam maléficas. Leiam atentamente as características alinhavadas e vejam aí o retrato dos que mandam no mundo... Mafiosos são todos psicopatas.
Vejam nestes links nossas análises sobre gênese, vias de fixação e soluções para o comportamento psicopata escravizador do sistema.

ESTUDO – PRIMEIRA PARTE
COMO FALAM DOS Sintomas
WIKI - “A psicopatia está diretamente relacionada com o Transtorno de Personalidade Antissocial, contudo estas condições não são sinônimos, uma vez que este é uma classificação médica e a psicopatia é uma classificação de um padrão comportamental científico. Ou seja, alguém pode ser classificado como sendo portador de Transtorno de Personalidade Antissocial sem atender aos critérios para ser classificado como psicopata”.
A psicopatia tem sido associada ao protótipo de assassino em série, porém, nem todos os assassinos são psicopatas e nem todos os psicopatas chegam a ser assassinos, ou mesmo fisicamente violentos!
Importa desmistificar esta ideia, porque podemos estar a lidar diariamente com um psicopata sem termos a noção que aquela pessoa está realmente doente e que afinal todas as intrigas, confusões, desacatos, mentiras e mal-estar causados pelo mesmo não são apenas fruto de "mau feitio". Há pessoas que só se apercebem que têm lidado de perto com um psicopata, momentos antes de lhes acontecer uma fatalidade, nomeadamente o seu homicídio.
Embora este distúrbio seja mais frequente em homens, também é possível encontrar mulheres psicopatas.
Os primeiros sinais começam a tornar-se mais evidentes a partir dos quinze anos de idade, embora  se possam reconhecer algumas atitudes que apontem neste sentido em idade mais precoce.
Eis então os principais sintomas que um psicopata apresenta:

Ausência de culpa
Uma característica notavelmente exclusiva nos psicopatas é a capacidade de resistir a punições e castigos. Um psicopata não aprende com os erros, pelo contrário, continua a cometê-los ferindo ou não outras pessoas.
 Desde criança, por exemplo, estes indivíduos demonstram inflexibilidade e teimosia no comportamento após punições dos pais; eles não se importam com os castigos e continuam a ter o mesmo comportamento. Quando castigado, um psicopata tende a repensar maneiras de aplicar o mesmo comportamento e é ainda possuído por um enorme sentimento de vingança.                                                                                                                                          
Um psicopata não teme a punição por ter a certeza que tudo o que faz tem um propósito benéfico. Quando é denunciado, recusa a reabilitação ou qualquer tipo de tratamento e, na impossibilidade de fugir simula uma mudança de carácter, para mais tarde voltar aos padrões comportamentais que lhe são característicos.
Estes indivíduos jamais sentem remorsos ou sentimentos de culpa, por atitudes não cometidas.
Os psicopatas são pessoas egocêntricas e megalomaníacos, que colocam sempre a culpa nos outros. Não apresentam nenhum encargo de consciência.

Mestres da Mentira
Para os psicopatas a realidade e a ilusão fundem-se num só conceito pelo qual regem seu mundo. São capazes de contar uma mentira como se estivessem a descrever uma situação real.
Não mentem apenas para fugirem de uma situação constrangedora, mas pura e simplesmente porque não conseguem viver sem mentir.
O psicopata utiliza a mentira como uma ferramenta de trabalho. Mente com uma atitude completamente neutra e relaxada. Não mente circunstancialmente ou esporadicamente para conseguir safar-se de alguma situação. Ele sabe que está a mentir, não se importa, não sente vergonha ou arrependimento. Mente muitas vezes sem nenhuma justificação ou motivo.
Normalmente o psicopata diz o que convém e que se pretende para uma dada situação.
Estes indivíduos podem converter-se na personagem que a sua imaginação cria, adequando-a para atuar num certo meio com sucesso. Nestas situações são contadas histórias muito bem detalhadas e minuciosas, a ponto de as outras pessoas nem sequer desconfiarem de que tudo não passa de um teatro, por isso, raramente as suas mentiras são descobertas.
Mentem com competência e são capazes de dizer coisas contraditórias olhando nos olhos de uma pessoa e não muito raro costumam fingir que praticam certas profissões como de médico ou advogado, usando e abusando de termos técnicos passando credibilidade, chegando ao limite de exercerem clandestinamente essas profissões, causando danos irreparáveis a terceiros.
Mentir e manipular são talentos inatos dos psicopatas

Manipulação
Os psicopatas, mais do que ninguém são excessivamente manipuladores.
Estão sempre a controlar e a manipular o ambiente e as pessoas com o objetivo de tirar vantagens para si mesmo. Estas vantagens variam desde vantagens materiais a pura diversão.
Estes indivíduos têm geralmente profundos traços sádicos, portanto parecem sentir prazer ou indiferença ao levarem os outros ao sofrimento.
O drama, a inversão de papéis em que o psicopata é sempre a vítima e a sedução são exemplos de caminhos que o psicopata toma para induzir as pessoas a cair no seu jogo de manipulação.
Os psicopatas manipulam quem querem para conseguirem o que querem. E o pior é que manipulam tão bem que é difícil não cair no seu jogo.
São gentis, educados e simpáticos. Exatamente por isso é mais fácil as pessoas associarem "psicopata" ao indivíduo "antipático" ou "estranho", enquanto aquele que tem uma ótima aparência é visto com uma boa impressão; e é exatamente aí que se escode o perigo, pois são essas pessoas, que aparentam ser menos cruéis, que podem ser as principais suspeitas.
Todos nós estamos em risco de conviver com um psicopata e nem sequer saber disso.
A bajulação excessiva, o agradar exagerado, os elogios, a sedução compulsiva, os jogos e a flexibilidade para se tornar aquilo que o outro deseja, camuflam na realidade uma das tácticas do psicopata para cegar as pessoas, seduzi-las e encobrir as suas verdadeiras intenções, tais como manipulações e controlo.

Egoísmo e Egocentrismo
Como psicopatas são incapazes de sentir sentimentos calorosos por outros seres humanos, tais como amor, altruísmo, generosidade, humildade e pena, eles não conseguem amar outras pessoas. Na verdade o que predomina é um grande sentimento de posse.
Como eles são extremamente egocêntricos não têm a insegurança típica de quem ama, mas sim de um sentimento de posse, na qual a outra pessoa é vista como um objeto que é apenas do psicopata e não deve ser dividido de forma alguma.
Ás vezes quando demonstram afeto por alguém, ou é pura dissimulação ou um grande sentimento de posse pela pessoa.
O egoísmo destes indivíduos é tão grande que, não aceitam esta regra aplicada noutra pessoa; por exemplo, eles podem ser possessivos com os outros, mas os outros não podem ser com eles.
"Dividir" e "generosidade" são vocábulos inexistentes na personalidade dos psicopatas. O seu parceiro/a não pode ser de mais ninguém, os seus amigos não podem ser de mais ninguém, os seus pertences são apenas deles, o dinheiro é apenas deles e não será dividido com mais ninguém, a atenção e a admiração são apenas viradas para eles.
De uma forma geral é nisto que se baseia a vida de um psicopata, porém, quando demonstram o contrário: generosidade, não passa de uma mera mentira.
Para os psicopatas eles é que merecem todas as conquistas, não os outros. Por isso são os reis da estratégia que visam conseguir o que querem e a qualquer custo, mesmo que isso prejudique outras pessoas.

Inteligência
O QI costuma ser acima da média. Há casos de psicopatas que conseguem passar por médicos, advogados, professores, etc, sem nunca terem frequentado uma universidade! São peritos no disfarce, excelentes autodidatas e fazem-no na perfeição!
Sendo estes indivíduos dotados de uma enorme inteligência, não admira que todos os seus atos (sejam estes mortais ou não) sejam pensados antecipadamente ao pormenor, e que sejam executados com tanta perfeição, rigor e credulidade.

Frieza e ausência de sentimentos
Os psicopatas são pessoas insensíveis, frias e com ausência de sentimentos genuínos para com outras pessoas. Eles não parecem sentir emoções calorosas entre os humanos, tais como amor, compaixão e altruísmo. São vistos como indivíduos frios, que não demostram amor, carinho e ternura, nem mesmo com pessoas mais próximas, tais como familiares.
Por mais que algumas pessoas acreditem inocentemente que um dia o psicopata poderá sentir algum tipo de sentimento altruísta, lamentavelmente ainda não se pode afirmar hipóteses do género.
São pessoas sem nenhum tipo de sentimento bom para com os outros, apenas para si mesmo. Não amam, não sentem dó, não são humildes, nem generosos, muito menos carinhosos e afáveis.
Estes indivíduos não sentem qualquer tipo de afeto por outros seres humanos (e muito menos por animais!), portanto jamais sentirão do mesmo modo o que as pessoas ditas "normais" sentem.
Eles não nutrem sentimentos por ninguém, contudo aprendem a imitá-los. Aprenderam a imitar a forma como duas pessoas se amam, se compreendem. Aprenderam a imitar o altruísmo, o carinho e a generosidade ao observarem e a copiarem tais demonstrações vindas de outras pessoas, mas nunca vinda de si próprio.
Por isso, demonstram superficialmente os seus sentimentos e emoções, pois na realidade não passam de cópias e imitações de sentimento.
Quando demostram algum sentimento bom é apenas mais uma forma de manipular as pessoas para conseguir algo com isso.

Agressividade
Os indivíduos que sofrem de psicopatia são irritantes, agressivos e problemáticos para a família.
Têm baixa tolerância para frustrações, por isso, contrariedades mínimas já dão direito a agressividade.
Devido ao facto de terem um baixo limiar de descarga de agressão perdem facilmente a calma, estressam rapidamente, agindo de forma extrema quando não conseguem o que querem.
Esta intolerância a frustrações faz com que os psicopatas sejam pessoas rancorosas, vingativas e incapazes de aceitar obstáculos comuns no quotidiano.
Muito frequentemente acumulam ódio por algo ou por alguém, não suportam perderem, detestam não conseguir o que querem e podem cometer atitudes extremas à conta disso.
Quando um indivíduo psicopata chora é pura e exclusivamente devido a frustrações inadmissíveis. Fora isto, as únicas razões visíveis são a falsidade e o teatro.

Tendência para o tédio
Os psicopatas são pessoas excessivamente sensíveis ao tédio e à monotonia. Necessitam constantemente de estímulos, pois são ausentes de emoções reais.
Não suportam monotonia e rotina e, estão constantemente à procura de estímulos e excitações que lhes ofereçam perigo para se livrarem do chamado tédio. Por isso mesmo fartam-se muito facilmente de tudo e de todos. Os seus relacionamentos, empregos, preferências e objetivos estão sempre em constante mudança.
Os seus relacionamentos não são duradouros, não têm um emprego fixo, os objetivos deixam de ser apelativos muito facilmente, os seus gostos são extremamente instáveis.
Os psicopatas podem começar um projeto de forma empolgada, contudo, não conseguem terminá-lo devido à monotonia que lhe está ligada.
Também pode ocorrer que anseiem muito algo, todavia quando não conseguem, pura e simplesmente, desistem.
Para eles, a motivação para as várias situações da vida têm uma duração extremamente curta.
Se são pessoas que não toleram nem tédio nem rotina, também são intoleráveis a regras e normas.

20 CARACTERÍSTICAS DO PERFIL DE UM PSICOPATA CONFORME HARE

1- Loquacidade e charme superficial
Loquacidade envolve ter facilidade verbal, ser um conversador divertido. Essas pessoas têm respostas para tudo, muitas vezes engenhosos e inteligentes, e são capazes de contar histórias interessantes que envolvem os ouvintes.
Eles são charmosos, corteses e educados, nada tímidos e nunca tem medo de dizer o que pensam ou o que eles querem dizer. Parecem pessoas extrovertidas e normalmente caem bem aos outros.
Também podem ser ouvintes atentos; fingem ter empatia com a outra pessoa para que desenvolva confiança entre eles e torná-lo mais vulnerável, para que mais tarde possam manipulá-lo à vontade.
Tudo isso é nada mais do que uma máscara. Os psicopatas se apresentam a si mesmos muito bem, muito convincentes. Eles fazem os outros acreditam que eles têm muito conhecimento profundo em muitas áreas, quando uma análise mais detalhada da informação que fornecem faz ver que o seu conhecimento é apenas superficial. Normalmente eles impressionam as pessoas, oferecendo termos técnicos que o resto não conhece.

2- Sensação de uma grande autoestima
Os psicopatas têm uma visão de si mesmos e das suas habilidades e valor muito inflado. Eles tendem a ser teimosos e arrogantes e acreditam que são superiores as outras pessoas. Eles são muito confiantes, arrogantes, não se consideram nunca fracassados socialmente e não se preocupam com a sua situação atual.
Eles dão a entender que, se eles têm problemas, as suas circunstâncias atuais são o resultado da má sorte ou eventos fora deles, que não podem controlar. Eles sublinham muito as habilidades que supostamente têm, mesmo se eles não podem provar. Eles parecem despreocupada com os contatos que tiveram com a justiça e não parecem acreditar que isto possa afetar negativamente o seu futuro.

3- A necessidade de estimulação constante e propensão ao tédio
Essas pessoas mostram necessidade excessiva e crônica para a estimulação nova e excitante, que os leva a tomar medidas arriscadas. As pessoas com este transtorno de personalidade tendem a ter baixa disciplina na realização de tarefas porque se cansam com facilidade.
Eles não conseguem durar muito tempo no mesmo emprego, por exemplo, ou terminar tarefas de rotina . Eles têm dificuldade em manter atenção em atividades monótonas ou não têm interesse para eles. Quando lhes perguntam, eles descrevem as atividades acadêmicas e outras atividades comuns como chatas e tediosas.
Os psicopatas argumentam esses costumes dizendo que gostam de aproveitar as oportunidades ou aceitar desafios. Na verdade, é muito mais do que isso; realmente sentem uma necessidade de correr riscos. Isto leva muitas dessas pessoas a usar medicamentos, especialmente aqueles que possuem um efeito estimulante.

4- Mentira patológica
O grau de mentira patológica pode variar de moderada a alta. De maneira moderada, estes indivíduos são simplesmente astuto, inventivos com o que eles dizem; em forma extrema, eles são enganosos, fraudes, obscuros, manipuladores e sem escrúpulos.
As mentiras e enganos são uma parte essencial dos psicopatas e as interações com os outros. Além de fingir conhecimentos em muitas áreas, eles fazem promessas que não cumprem e as afirmações que contradizem o seu comportamento. Eles têm uma grande facilidade para mentir e uma ausência de culpa sobre isso.
Normalmente, produzem histórias mostrando grande confiança ao contar, de modo que o receptor normalmente não duvida sobre a sua veracidade. Além disso, quando se lhes descobre uma mentira, não mostram sintomas de vergonha; simplesmente reinventam a história ou adicionam elementos para fazer parecer mais credível.

5-Direção e manipulação
O uso do engano para manipular os outros é diferente do item anterior na lista porque atinge níveis excessivos de crueldade. Essas pessoas exploram as outras sem escrúpulos, com uma falta de preocupação e empatia pelos sentimentos e sofrimento das suas vítimas.
Os psicopatas manipulam as pessoas ao seu redor para obter lucro pessoal a qualquer preço. Às vezes, as estratégias de manipulação utilizadas são muito elaboradas; outras são bastante simples.
Os indivíduos sempre agem com muita imprudência e indiferença. Às vezes eles usam pseudônimos para manter o seu anonimato e para defraudar os outros mais facilmente. Eles têm uma visão das outras pessoas como se fossem demasiado crédulos e isso deu-lhes uma razão para enganar e manipular.

6- A falta de remorso ou culpa
As pessoas com transtorno de personalidade psicopático não tem sentimentos ou preocupação com as perdas, dor ou sofrimento das suas vítimas. Eles tendem a ser descuidados, não mostram paixão, a ser frios e nada empáticos. Eles mostram um total desrespeito pelas suas vítimas, citando como “seria insensato não explorar as fraquezas dos outros.”
Os psicopatas não parecem preocupados nem mostram interesse pelas consequências das suas ações ou pelos efeitos do seu comportamento sobre os outros. Às vezes, eles podem verbalizar sentimentos de culpa para tentar mostrar empatia, mas as suas ações não correspondem ao que eles dizem.
Se eles entram em contato com a justiça, muitas vezes, eles consideram a sentença que tenha sido fornecida a eles é injusta ou desproporcionada, mostrando uma avaliação pouco realista da gravidade dos fatos e uma atribuição externa das suas ações.

7- A falta de profundidade de emoções
As pessoas com psicopatia sofrem uma pobreza de emoções e uma gama muito limitada de sentimentos. Eles podem mostrar a calidez, mas é apenas superficial; nas suas relações interpessoais eles são frios apesar de que apresentam sintomas abertos de sociabilidade. Mostram uma incapacidade de expressar emoções intensas e, quando expressam algum tipo de sentimento ou emoção, é dramaticamente e superficial.
Na escala emocional e sentimental de um psicopata não podemos encontrar muito mais além de ressentimento, raiva, auto piedade, estados emocionais superficiais, atitudes vaidosas e grandiosidade, um ressentimento emburrado e indignação. Em muitos casos, essas pessoas são muito difíceis de descrever o que sentem.

8-Insensibilidade e falta de empatia
Este artigo descreve uma falta geral de sentimentos para com as pessoas e uma atitude fria, insolente, irreverente e falta de tato para com eles. Estes indivíduos parecem completamente incapazes de assumir o lugar dos outros e imaginar o sofrimento das suas manipulações e mentiras. Se alguma vez conseguem apreciar o que os outros sofrem por sua culpa nunca é uma apreciação emocional, mas puramente lógica, intelectual.
Os psicopatas são egoístas e desdenhosos. O desprezo que sentem para com os outros leva-os a se descreverem como “solitários”, “pessoas seletivas”.

9- Estilo de vida parasitário
A psicopatia leva essas pessoas a depender dos outros intencionalmente, manipuladora, egoístas e exploradores. Esta dependência é causada por uma falta de motivação, uma disciplina muito baixa e incapacidade de assumir a responsabilidade.
Podem usar ameaças para seguir financeiramente dependente da sua família ou conhecidos, ou podem tentar parecer vítimas e pessoas dignas de apoio e ajuda.
Essas pessoas irão usar qualquer desculpa para não ter de trabalhar e ganhar dinheiro por si próprios. O uso dos outro para sustentar e sobreviver é um padrão persistente na sua vida, não é o resultado de circunstâncias que podem estar ocorrendo no momento.

10- Déficits no controle emocional
Os psicopatas mostram muitas expressões de irritabilidade, aborrecimento, impaciência, agressão e abuso verbal: não conseguem controlar adequadamente a raiva e fúria.
Eles se incomodam com facilidade e por questões que não merecem importância e são inadequados no contexto. As suas explosões de raiva são muitas vezes breves e são afetadas negativamente pelo álcool.

11- Comportamento sexual promíscuo
As relações das pessoas com este transtorno são caracterizados por ser curtos, numerosos, simultâneos, casuais, informais e indiscriminados. Eles geralmente têm um histórico de tentativas de forçar alguém a fazer sexo com eles e estão visivelmente orgulhosos das suas conquistas sexuais.

12-Problemas comportamentais precoces
Muitas vezes, os psicopatas já demonstraram uma variedade de comportamentos disfuncionais antes dos treze anos de idade, tais como roubo, mentiras, vandalismo, intimidação, atividade sexual precoce, incêndios, abuso de álcool ou fuga de casa. Todos estes comportamentos muitas vezes levam à expulsão da escola ou faculdade e podem envolver problemas com a polícia.

13- Falta de metas realistas de longo prazo
A incapacidade ou fracasso persistente para desenvolver e executar planos de longo prazo é outra característica desses indivíduos. A sua existência é muitas vezes nômade, sem sentido ou propósito nas suas vidas.
Eles não se preocupam com o futuro ou pensam seriamente; vivem dia a dia e, embora possam expressar intenção ou desejo de obter um trabalho importante, não fazem nada para consegui-lo. Todos os seus objetivos descrevem metas de curto prazo.

14- Impulsividade
Os comportamentos dos psicopatas geralmente não são premeditados, são muito pouco planejados. Eles têm sérias dificuldades para resistir à tentação, superar suas frustrações e impulsos do momento.
Muitas vezes, eles agem de forma espontânea, sem considerar os prós e contras do que eles querem fazer ou as consequências que trarão a eles ou outros. Muitas vezes, vão mudar os seus planos, e vão deixar o seu parceiro ou deixar o seu trabalho de repente e sem explicação.

15- Irresponsabilidade
Este artigo é caracterizado por um fracasso repetido no cumprimento das obrigações e responsabilidades, como não pagar contas, faltar à escola ou ao trabalho ou não cumprir as promessas. O comportamento irresponsável dos psicopatas podem colocar outros em risco (por exemplo. Conduzir sob a influência de álcool).

16- A incapacidade de aceitar a responsabilidade pelas suas ações
Estas pessoas tendem a ter sempre uma desculpa para explicar o seu comportamento. Eles negam as suas responsabilidades e atribuem coisas que acontecem a causas externas (a sociedade, a família, o sistema legal…).

17- Várias relações breves
Dada a sua incapacidade de manter metas de longo prazo, os psicopatas muitas vezes têm relações com falta de compromisso, refletida em uma quantidade considerável deles. As relações interpessoais e românticas são inconsistentes e de curto prazo (menos de um ano).

18- Delinquência Juvenil
Muitas vezes, os psicopatas têm tido problemas com a lei antes dos 18 anos, quase sempre envolvendo comportamentos de exploração, manipulação e crueldade.

19- A revogação da liberdade condicional
Às vezes, essas pessoas têm anulada a liberdade condicional pelas autoridades por não manter as condições como cometer ilegalidades ou violações técnicas.

20- Versatilidade criminosa
Finalmente, os psicopatas podem ter uma carreira criminosa variada, incluindo encargos ou condenações por vários tipos de crime, tais como: roubo, assalto à mão armada, crimes relacionados a drogas, assalto, crimes sexuais, negligência criminosa e fraude. Eles em geral estão orgulhosos de ter cometido crimes sem ser descobertos.

SEGUNDA PARTE
ERAM OS DEUSES PSICOPATAS?
Quem lê as ficções elaboradas por Zecharia Sitchin com ótimos estudos dos tabletes sumerianos, percebe muito bem os comportamentos pouco sociais dos “imortais” (deuses na tradução vulgar) que vieram do espaço em busca de ouro e criaram o homem para ser seu escravo (servo) nas minas.
Isto é uma ficção, em cima dessas lendas. Lendas muito concretas, gravadas com fogo em placas de cerâmica... Mas, lendas, como tudo que somos e sabemos.
Tá tudo frito!
“E os Elohin disseram: façamos o homem à nossa imagem e semelhança”.
De nada adiantou assoprar o “espirito imortal” no novo ser mutante que produziram para ser o escravo, porque logo a seguir ele comeu dos frutos que os Psicopatas do espaço mandaram reservar só pra eles. Assim disseram: “expulsemos esses pilantras do jardim de nossas frutas, pois agora podem ser iguais a nós e viver eternamente, conhecendo o bem e o mal”. Quê perigo, né? Eles já haviam injetado o soft psicoputo no servo.
Haviam feito um Cyborg! Era um transgênico de brucutus orangotangos rex com genes dos etês e mais genes de rato para ficar mais próprio para o subsolo e lhe injetaram inteligência artificial.
Expulsaram o casal do jardim dos frutos de ouro pra perambular nos campos, de onde podiam caçar peças pra trabalhar. Foi assim que nasceu o bicho errante.
Perderam o controle! O primeiro a nascer matou o segundo porque havia excesso de população: DOIS! Seguiu-se uma sucessão de inúmeros (número sete) milhares de gerações. Aí fizeram nova mutação. Um último filho de SETH foi recauchutado pra ser “Louvador”. Enós “descobriu” que podia falar com o “senhor”, pedir a esse Eabah narcisista, Elohin do Ouro, e ser atendido, depois agradecia entoando cantos de louvor (yudáh). Assim começou a contar a Era Mundana, Vulgar ou Yudaica.
Estes continuaram o costume de ser errantes, embora esquecessem seu nome de Yudás. Ah! Também não perderam os genes psicopatas! Estes agora mais poderosos se espalharam pelos quatro cantos do mundo.
Houve surpresas terríveis com as Águas de Nibiru por diversas vezes! Uma vez já foi intencional para reduzir a população e talvez acabar com a raça na maior água já vista. Mas Ea que os havia feito resolveu salvar uma família de boa índole, Nohat (lemos “não ratos”?). E depois? Estes se espalharam de novo como coelhos! E sempre se mordendo uns aos outros.
De novo os Deuses Psicopatas, manipuladores, aproveitadores escravagistas, tentaram reduzir as manadas, agora com pestes negras, e gripes mil, mais experimentos de guerra biomicrocefálica, sem nunca conseguir vacinas para o mal de Nibirutas (psicopatia hereditária).
Como é um psicopata? Fazedor de guerras, crises, apocalipses, terremotos, dilúvios? É isso aí!
Ficou nos tabletes essa história. Com Marduk, rei de UR, de onde mudou Abrahão, fizeram o teste nuclear. Sodoma, Gomorra, mar Morto bem matado, mais as bases do monte Sinai e dos montes Líbano voaram em nuvens de enxofre que Abrahão assistiu.
Os ventos levaram a nuvem sobre UR que virou um cemitério sem haver como enterrar os corpos.
E Abrahão teve que seguir de longe. Não havia mais pra onde voltar.
Os deuses fizeram agora genes de bom humor (Riso = isaque). A endorfina devia melhorar a raça.
Retirados os deuses, mandaram sua mensagem desde a Quarta Região, acima do polo norte – terão que completar sete mil anos extraindo ouro pra nós, espalhando a descendência pela Terra toda e nós voltaremos quando seus psicopatas dominarem tudo e ficar insustentável, se sobrar algo! Soltaram novas pestes, novas guerras, incêndios, tsunamis, tornados, terremotos, ciclones, vulcões, glaciações, secas e inundações. E mais pragas mil! Drogas! Bombas “a la mano” e na cintura! Ideologias com gênero, sem gênero, mudando o gênero, a lei, a Moral e o Imoral também!
Mandaram Nostradamus avisar a data do fim – 1999!
Quando já parecia insustentável mandaram Hitler tentar fazer uma raça superior matando tudo que não presta pra renascer na nova raça. A emenda ficou pior! Mandaram a Bomba atômica! E nada! Eram dois bilhões de psicopatas. Mas 70 anos depois já eram sete bilhões!   
E... Nada do Fim chegar!
O que foi que falhou? Não sabemos! Então deixa pra lá!
Ou será que temos a esperança de que os 10% mais violentos dos Psicopatas acabem com tudo?
Será que vamos aprender alguma coisa?
Somos apenas um holograma! Tudo é pura imaginação!
Somos lendas, ficções, sonhos de luz e de sombras na cabeça de bilhões de Psicopatas.
É tudo projeção de um filminho de Ilusite. É ilusão matar! É ilusão morrer! Pô! Mas como dói! Largaram todos nóis na jaula!
Então agora acaba!
Acaba o quê?
Acaba a doença dos Psicopatas! Se acabarem os mafiosos trogloditas e a profecia se cumprir.
Qual profecia?
Ninguém iria adivinhar!
Os próprios psicopatas do enredo escreverão o final da novela.
Mas, como? São todos personagens fictícios! Ninguém é coisa nenhuma! Nem mesmo o que cada um pensa ser! Se é tudo novela de ficção, passe a borracha e escreva outra coisa...

E O ÚLTIMO A SAIR, QUE ACENDA A LUZ!

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

TRUMP, TROGLODITAS E REFORMAS

TROGLODITAS, REFORMA POLÍTICA, TRUMP
Neste começo do século XXI a Humanidade como um todo está sendo reconduzida à mentalidade canibal da era das Cavernas, por forças obscuras, que agem por dentro das pessoas, de modo a fazerem com que as vítimas assumam que esse instinto matador é seu.
O Sistema medieval mafioso escravocrata rege todos os aspectos da vida social, política, jurídica, econômica, medicinal, trabalhista, cultural, educativa, etc., de nosso mundo.
Esse “sistema”, “matrix”, “holograma”, “pesadelo”... Vem sendo contestado por uma elite de pessoas que acordaram. Estes já não podem mais ser ignorados pelos que se julgam donos da Senzala Universal. Os Escravagistas já falam na necessidade de uma Reforma desse Sistema, tentando abocanhar um processo de editar ”Novas Leis” que eles querem emitir com base em dogmas de “politicamente correto” para continuarem “ad-aeternitatem” donos de todos nós.
Todas as reformas propostas se resumem em alterar a forma, sem mudar o conteúdo escravagista e sem que desapareça o modelo do sistema de “donos de escravos”.
Muitas Leis querem subdividir, multiplicar, complementar, com extensos regulamentos e nomes pomposos como “Agrária”, “política”, previdenciária, fiscal, judiciária, tributária, eleitoral, sanitária, usos da terra, sindical, administrativa, energética, fiscal, ortográfica, linguística, educacional, antidrogas, sobre aborto, maioridade penal, bancária, sobre juros de cartão, anti-inflação, antibulling, antihomofóbica, sistema prisional, sobre loterias, para internet, aplicativos de celular, hidrovias, aeroportos, rodovias, pedágios, contra pedofilia, direito ao esgoto, aguas pluviais, e tantos longos discursos que serão feitos, dando sono com tantas cantilenas, de modo que os escravos nunca consigam saber o que lhes porão a mais sobre as costas.
O Troglodita Atômico Chinês grita ao Moderno Marcha pra oeste TRUMP, que não converse com a Caverna de Taiwan porque essa Caverna é dele e pode usar a machadinha voadora nuclear pra defender suas Senzalas.
Trump retoma o grito dos direitos declarados em 1776 dos cidadãos das Américas barrando os poderes feudais do Leviatã Estatal, que retorna com toda a força das Cavernas tentando e hipnotizando Obamas, Gores e Clintons, com muitos sonâmbulos feudais aplaudindo o espetáculo feito com vestes de Hollywood.
E você bate palmas como se isso fosse apenas mais um filme, pensando em virar na cama após o fim da notícia, para acordar pela manhã, comer seu bacon com eggs, e seguir ao Banco pra sacar a propina combinada...
Tem conserto? Ou é o fim?

Veja os últimos artigos do Blog antes deste. São Mil e uma Noites... Esperamos dias melhores, sem máfias trogloditas mandando.