segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

ABELHAS VÃO SUMIR?

NOSSO AMIGO PERGUNTA:
Prof. Mário, há anos venho sendo comunicado e lendo que as abelhas estão
sumindo. Como você trabalha com mel há muito tempo, aí em Goiás, você 
tem notado algo a este respeito? Haveria, de fato, uma diminuição da
polinização, responsável pelo surgimento dos nossos saborosos frutos?
 Abraço, Rui.
Respondo:
Preciso reservar algum tempo para repassar informações, né?
Embora minha média de leituras seja de 300 livros por ano, ainda há tempo
para escrever matéria de uns 15, reler e revisar outros 12 e tomar
conhecimento de (des)informações (hehehehe) que estão circulando por aí.
Ás vezes dá raiva de ver que há tanto desprezo por ler.
Acabei nesta madrugada de ler um livro traduzido do inglês. Na verdade
informa bastante profundamente (extensão tomada como profundidade) nas
áreas de superfície e é muito superficial nas áreas de profundidade. Assunto?
Algo que estou estudando desde 1967, acertando 20 anos antes o que vai
acontecer, estou agora colocando em meu BLOG como será daqui a 10 anos e
eles nem arranham os assuntos que vão alterar toda nossa vida em
breve...(área econômica e social... chiiii... que xato! o Sanchez podia
falar de futebol, gravatas, matanças de gente.... e todos iriam ouvir).
Bem... Vocês querem que eu fale de ABELHAS?
Dá um certo borboleteamento em meu estômago a indigestão dos assuntos
apícolas... Vou tomar um pouquinho de mel daqui a pouco para começar o dia.
Assim abelhas não ficam só em teoria, né?
Ah! sim! Vocês querem saber se as abelhas vão sobreviver ao suicídio humano?
Inseticidas por todo lado? Desmatamento? Plantação de bois com gás metano de
sobra? Petróleo que nunca vai acabar? Máquinas sem consumo de nada sendo
desprezadas ?  Bem... no tempo em que os dinossauros não resistiram às
terríveis condições do planeta... 65 milhões de anos atrás... Foi terrível!
Não sei bem como estavam as abelhas, mas, há fósseis de 50 milhões de anos
atrás (dez milhões à frente desse desastre) com favo de mel igualzinho ao de
hoje! AS ABELHAS SÃO UM MOTO PERPÉTUO QUE NÃO MUDOU
HÁ 50 MILHÕES DE PRIMAVERAS ( E RIGOROSOS INVERNOS).
Contei há uns 25 anos no vol V do Grupo de estudos essa notícia da
invarância do código genético da abelha terminando a avaliação com a
pergunta - será que o homem cria as abelhas ou foram as abelhas que criaram
o homem?
Tenho que ficar quieto porque o abandono do meu projeto de mel foi porque já
estava correndo perigo de... Mas, o Projeto está de pé: podemos fazer com
abelhas e mel um empreendimento maior que a indústria do petróleo
e das montadoras de veículos juntas.
Se o homem não sobreviver podemos ter certeza que as abelhas vão ficar
tristes... lamentarão: "gastamos 5 milhões de anos selecionando frutas cada
vez melhores e coletando mel para dar a mamadeira mais pura a esses
serzinhos prepotentes... e eles se suicidam e deixam nosso trabalho
inacabado e vamos passar outros milhões de primaveras... sentindo um vazio!
Não sejamos tão pessimistas - os Seres que trouxeram as abelhas estão
alerta. Nem o acelerador de partículas nem o botão atômico, nem a destruição
da ecologia, nem o nazibolchevismo, nem a bruta "ignorantia hominis" estão
fora de seu Poder.
Mas, pô! Os homens poderiam estudar um pouquinho mais, né?
Deixar tudo por conta do Cristo externo e dizer "ninguém me pega pra
Cristo"... pelo menos deviam estar procurando ler, pois tudo está escrito em
algum lugar.
Acompanhem nossas matérias neste Blog.
Visite: http://www.mariosanchez.com.br
Leiam resumos shvoong clicando em Ramacheng, link deste Blog.

Um comentário:

Jaque disse...

Muito bom...
Beijos Luminosos e Coloridos!
No amor,